Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome
Email

Mulheres na arbitragem é tema de debate no Mês da Advocacia

A Comissão Especial de Arbitragem (CEA), da OAB/RS, promoveu na terça-feira o debate “Mulheres na Arbitragem e na Advocacia” na sede da Ordem Gaúcha dentro da programação do Mês da Advocacia. Com o objetivo de incentivar a discussão e a participação de mulheres na advocacia, o evento trouxe o panorama da participação feminina na arbitragem no Brasil e tratou dos avanços da participação da mulher no Direito.  Para o vice-presidente da CEA, Lucas Gavronski, a temática do evento se diferencia dos temas de outros anos. “É um motivo de bastante alegria para nós fazer um evento da CEA com um diálogo sobre o papel da mulher na arbitragem”, disse.  O primeiro painel do evento foi aberto pela advogada Selma Lemes, que é mestre em Direito Internacional pela FADUSP e doutora em integração a América Latina pelo Programa de Pós-Graduação Interunidades em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo (Prolam/USP) e uma das pioneiras na arbitragem brasileira.  “Sempre me dediquei a figura do árbitro e acho bastante importante que a participação feminina exista na arbitragem, pois auxilia no fortalecimento da nossa classe. Por isso acredito que os terminais de arbitragem precisam incentivar a participação de mais mulheres e que a gente fortaleça a classe”, disse Selma.  A advogada especialista em Processo Civil, Hebe Bonazzola Ribeiro, também participou do painel trazendo dados relativos à figura da mulher na advocacia. “É importante refletirmos sobre porquê quando as mulheres iniciam nos escritórios elas têm a mesma proporção do que os homens, mas não conseguem, no futuro, subir de cargos? A persidade de gênero contribui para alcançar melhores resultados graças à persificação dos talentos aplicados, então precisamos pensar sobre isso”, disse.  Os painéis foram compostos pelas advogadas Vera Fradera, Gabriela Vitiello Wink, Claudia Sobreiro de Oliveira e Dalva Carmem Tonato. As moderadoras dos painéis foram a secretária-geral da CEA, Giovana Benetti, e pela advogada Giovana Comiran.  
23/08/2019 (00:00)
Visitas no site:  41421
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia